Deseja receber nossa newsletter?

Conferências Especiais Espaço up grade

quinta-feira, 23 de março de 2017 - 10h30 às 11h10

Patrícia Pizzo



Patrícia Pizzo

Mestre e especialista em Ortodontia pela Unesp - Araçatuba; Especialista em Implantodontia pela Ciodonto - Goiânia; Coordenadora do Curso de Especialização em Ortodontia pela ABO - Anápolis.

Tema:Condutas clínicas em Ortodontia que favorecem a reabilitação


Abordagem: o tratamento ortodôntico de adultos deve, portanto, utilizar uma abordagem direcionada para eliminar a queixa do paciente e estabelecer uma relação oclusal fisiológica, não tendo como objetivo obrigatório alcançar os parâmetros clássicos de normalidade. Sendo assim, procuraremos mostrar alguns movimentos que a Ortodontia oferece a estes pacientes permitindo um tratamento interdisciplinar com a Implantodontia e a Prótese, como: verticalização de molares, intrusão dentária, redistribuição de espaços e o uso dos dispositivos de ancoragem temporária (mini-implantes).


quinta-feira, 23 de março de 2017 - 11h20 às 12h

Wilson Martinez Jr.



Wilson Martinez Jr.

Especialista e mestre em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial; Especialista e doutor em Implantodontia; Professor adjunto da disciplina de cirurgia da Unievangélica; Coordenador do Curso de Especialização em Implantodontia da ABO Anápolis.

Tema:Os desafios da abordagem em região posterior de maxila atrófica em Implantodontia


Abordagem: considerações anatômicas, possíveis complicações e como evitá-las com auxílio de novas tecnologias, cirurgias de 1 e 2 estágios, abordagens minimamente invasivas otimizando os resultados.


quinta-feira, 23 de março de 2017 - 12h10 às 12h50

Alessandro L. Januário



Alessandro L. Januário

Mestre e doutor em Periodontia pela Unicamp; Coordenador dos cursos de Periodontia e Implantodontia do Instituto Aria, Brasília/DF; ITI Fellow.

Tema:Manipulação tecidual: fator determinante no sucesso da Perioimplantodontia


Abordagem: o conceito de sucesso em Implantodontia envolve osseointegração por um longo período de tempo associado a condições estéticas adequadas e isso significa estabilidade tecidual. Nesse sentido, alguns fatores são muito importantes de serem avaliados. O correto posicionamento tridimensional do implante, direcionado pela futura prótese e a quantidade e qualidade de tecidos duros e moles ao redor dos implantes, certamente estão entre os principais fatores. Especialmente as condições de tecidos moles, tem recebido cada vez mais importância na prática clínica da Implantodontia. Mostraremos métodos de diagnóstico das condições teciduais, bem como terapias no intuito de manter e modificar o biótipo peri-implantar, em alvéolos cicatrizados e não cicatrizados. Após a conclusão desta apresentação, os participantes estarão aptos a compreender os aspectos biológicos, reconhecer os aspectos clínicos e determinar a melhor abordagem no manejo tecidual para obtenção dos melhores resultados possíveis no sentido funcional e estético.


quinta-feira, 23 de março de 2017 - 14h30 às 15h10

Hiron Andreaza



Hiron Andreaza

Especialista em Implantodontia pela APCD, Bauru; Mestre em Implantodontia e em CTBMF pela USC, Bauru; Doutor em Implantodontia pela UFSC, Florianópolis; Especialista em Prótese Dental pela UFG, Goiânia; Coordenador do curso de especialização em Implantodontia da ABO, Anápolis.

Tema:Busca pela excelência: implantes individualizados em maxila edêntula


Abordagem: a busca dos pacientes pela terceira dentição o mais próximo possível dos dentes naturais, com mais estética, facilidade de higienização, tem mudado o planejamento das reabilitações em maxilas edêntulas. Será abordado o passo a passo, de como reabilitar maxila edêntula, por meio de implantes individualizados, em diferentes situações: maxilas pouco reabsorvidas e maxilas atróficas que necessitam de reconstruções ósseas e gengivais.


quinta-feira, 23 de março de 2017 - 15h20 às 16h

Francis Lima



Francis Lima

Especialista em Prótese Dentária pela UFU-MG; Mestre em Prótese Dentária pela São Leopoldo Mandic, Campinas/SP; Coordenador do Curso de Especialização em Prótese Dentária pelo Instituto Lenza de Pós-graduação, Goiânia/GO; Autor do livro “Prótese Dentária - Fundamentos e Técnicas - Reabilitação Oral para Todos” (Editora Ponto); Coautor do livro "Inspiration - People, Teeth and Restorations” (Quintessence Publishing).

Tema:Critérios para obter longevidade nas reabilitações orais


Abordagem: serão apresentados critérios estéticos, biológicos, e funcionais, imprescindíveis na obtenção de sucesso longevo das reabilitações orais dento e implantossuportadas. Esses critérios estão inseridos em um protocolo de trabalho estabelecido a partir de evidências científicas e clínicas de vários anos de uma curva de aprendizado.


quinta-feira, 23 de março de 2017 - 18h10 às 18h50

Sebastião Alves Ribeiro Filho



Sebastião Alves Ribeiro Filho

Professor adjunto de Periodontia da FO-UFG; Doutor em Implantodontia pela SLM, Campinas/SP; Mestre em Prótese Dentária pela USP; Especialista em Implantodontia, Periodontia e Prótese Dentária.

Tema:Implantodontia no contexto da Reabilitação Oral


Abordagem: na Implantodontia atual, a Reabilitação Oral completa do paciente se faz cada vez mais necessária. Por esse motivo, a integração entre a Periodontia, a Prótese Dental e a Implantodontia é cada vez mais utilizada. Será abordada a sequência completa dos tratamentos, desde o preparo básico na Periodontia até os ajustes refinados nas sessões de controles a longo prazo.


sexta-feira, 24 de março de 2017 - 10h30 às 11h10

Roberto M. Cruz



Roberto M. Cruz

Professor adjunto da Universidade de Brasília; Professor de Clínica Integrada da UnB; Responsável pela Área de Implantodontia da UnB; Especialista e mestre em Endodontia; Especialista e doutor em Implantodontia; Professor e co-coordenador do Curso de Especialização em Implantodontia e do Curso de Imersão em Cirurgia Avançada na ABO Anápolis.

Tema:Reconstruções ósseas com aumento vertical e horizontal: como aumentar a previsibilidade de sucesso?


Abordagem: esta conferência irá expor aos ouvintes o atual estágio em que se encontram estas cirurgias reconstrutivas, as opções alternativas que teríamos, os protocolos para a minimização dos riscos e como a tecnologia pode estar contribuindo nesse sentido. Tudo isso será abordado com apresentação concomitante de casos clínicos de sucesso e também na resolução de complicações inerentes a estas técnicas.


sexta-feira, 24 de março de 2017 - 11h20 às 12h

Christian Araújo



Christian Araújo

Graduado pela Uniube, Uberaba/MG; Especialista em Implantodontia pela ABO- Anápolis; Mestrado em Prótese Dentária pela SLMandic, Campinas/SP; Professor dos Cursos de Especialização em Prótese Dentária e em Implantodontia do Instituto Lenza, Goiânia/GO.

Tema:Implantes individuais em maxila edêntula, desafios na reconstrução de uma “terceira” dentição


Abordagem: como avaliar, indicar e selecionar casos aptos a reconstrução com implantes individualizados. Quais são os detalhes fundamentais no planejamento de casos unitários. Demonstração de um protocolo de execução cirúrgica e provisionalização imediata, através de um relato de caso clínico.


sexta-feira, 24 de março de 2017 - 14h45 às 15h15

Vitório Campos



Vitório Campos

Especialista em Periodontia e Implantodontia; Mestre em Implantodontia; Doutor em Patologia Celular e Molecular; Pós-graduado pela Universidade de Illinois (UIC), Chicago, EUA; Pesquisador no Laboratório de Microscopia Eletrônica na UnB; Pós-doutorando em Medicina.

Tema:O que você precisa saber sobre a influência clínica dos tratamentos de superfícies, nanotecnologia e adesão celular nos implantes


Abordagem: as pesquisas relacionadas às superfícies de implantes, biomateriais de enxerto e membranas bem como, a bioengenharia celular tem trazido inúmeros benefícios à Implantodontia. Com novos conhecimentos sobre a biologia celular e molecular, estudos sobre o comportamento de células, moléculas de adesão e citocinas, nos levam a um entendimento cada vez mais amplo da osseointegração. A microscopia eletrônica de varredura (MEV), microscopia de força atômica (MFA), microscopia confocal, de fluorescência e também a utilização de imunomarcadores, fazem parte do moderno “tool” de aparelhos e métodos à disposição das ciências. O objetivo desta conferência é mostrar a influência da adesão celular em diferentes superfícies implantares e casos clínicos que evidenciam a sua importância. As “células não mentem jamais”.


sexta-feira, 24 de março de 2017 - 18h10 às 18h50

André Luis Barbosa



André Luis Barbosa

Mestre e especialista em Prótese Dentária; Especialista em Implantodontia; Coordenador do Curso de Especialização em Implantodontia e professor do Curso de Especialização em Prótese Dentária do Instituto Lenza, Goiânia/GO.

Tema:Protocolo clínico cirúrgico e protético para reabilitações complexas envolvendo dentes e implantes: planejamento e execução


Abordagem: será apresentado um caso clínico de alta complexidade, relacionando a importância da multidisciplinaridade no contexto da reabilitação oral. A provisionalização por meio da aplicação de um protocolo clínico de planejamento reverso precede aos procedimentos cirúrgicos reconstrutivos e de instalação de implantes, guiando-os dentro de uma nova conformação.


sábado, 25 de março de 2017 - 10h30 às 11h10

Eduardo Simioli



Eduardo Simioli

Especialista em Implantodontia pela ABO - Anápolis; Mestrado em Cirurgia Buco Maxilo Facial pela USC - Bauru/SP; Professor e coordenador da Especialização em Implantodontia do IBPG – Brasília/DF; Responsável técnico da CROI-Odontologia – Brasília/DF.

Tema:Enxerto ósseo em cavidade nasal para o tratamento de maxila atróficas


Abordagem: enxerto ósseo em cavidade nasal com osso bovino inorgânico puro, associado ao levantamento de seio maxilar. Uma alternativa para o tratamento de maxilas com atrofias severas.


sábado, 25 de março de 2017 - 11h20 às 12h

Marcus Vinícius Perillo



Marcus Vinícius Perillo

Especialista em Dentística Restauradora pela ABO-GO; Professor do Curso de Especialização em Dentística e do Curso de Facetas da ABO-GO; Coordenador do Curso de Planejamento Estético da ABO-GO; Coautor do livro “Facetas, construindo um protocolo previsível”, Ed. Ponto.

Tema:Planejamento estético digital: conhecendo suas limitações


Abordagem: o planejamento digitalizado se tornou moda e se plantou a ideia de que sem ele o clínico não consegue realizar casos de excelência. Isso será desmistificado em nossa aula, que mostrará os pontos falhos da técnica, bem como os pontos funcionais, além de alternativas para se conseguir planejar, minimizando erros.


sábado, 25 de março de 2017 - 13h30 às 14h10

Vicente G. Rocha



Vicente G. Rocha

Especialista e mestre em Endodontia; Coordenador de vários cursos de atualização na ABO-GO e coordenador do Curso de Especialização da ABO-Anapólis.

Tema:Microscópio Operatório odontológico, uso multidisciplinar


Abordagem: atualmente o microscópio operatório odontológico (MO) se transformou em uma excelente ferramenta de trabalho, não somente na endodontia, mas também nas outras especialidades. A possibilidade de utilizar diferentes níveis de magnificação, uma excelente qualidade e quantidade de luz , além de permitir uma documentação bastante fácil e em alta definição tem atraído inúmeros profissionais , sendo assim, nosso objetivo é trazer informações básicas necessárias e indispensáveis para a plena utilização dessa maravilhosa tecnologia.


sábado, 25 de março de 2017 - 14h20 às 15h

Leandro Carvalho Cardoso



Leandro Carvalho Cardoso

Especialista em Implantodontia pela APCD; Especialista, mestre e doutor em CTBMF pela Unesp; Professor dos Cursos de Especialização em Implantodontia da EAP-GO/Orthoplace.

Tema:Conceitos atuais sobre a Regeneração Óssea Guiada – Membrana x Malha de Titânio


Abordagem: dentre as várias técnicas utilizadas para a reconstrução óssea alveolar, a regeneração óssea guiada (ROG) têm se destacado na atualidade. A ROG é uma opção terapêutica que busca a neoformação do tecido ósseo através da utilização de membranas, barreiras, ou malha de titânio associada a osso autógeno e/ou substitutos ósseos. O propósito é abordar as indicações, vantagens e desvantagens das membranas e malhas de titânio na ROG.